Jogo rápido com Ademir da Guia

Entrevista: Jessica Louzada
Texto: Letícia Capp
Revisão: Alexia Faria

Durante um evento interno da ESPN, o Jogadelas teve a oportunidade de realizar uma entrevista com ninguém menos que Ademir da Guia. Também conhecido por “Divino”, graças ao fino do futebol que apresentava, e herdando o apelido de seu pai “Divino mestre”, o senhor de 76 anos é considerado o maior ídolo da história do Palmeiras. Sua história no alviverde, começou na época da “Academia”, e durou por dezesseis anos, quando foi titular por esse tempo.

Em uma entrevista de perguntas e respostas, o ex-futebolista contou para nós momentos da carreira inesquecível, jogos emocionantes e muito mais.
Confira:

Jogadelas: Seu Ademir, fala para nós, um jogo emocionante da sua carreira?

Ademir: “Um jogo emocionante foi 1974, final do paulista, Palmeiras e Corinthians. Foi uma final sensacional”.

Fato Histórico

A partida marcou o Dérbi. Em festa alviverde, apesar da grande maioria da torcida ser alvinegra, o Palmeiras conquistou mais um título. Foi a 17° conquista Paulista do Palmeiras, tornando o time o maior Campeão Paulista, até o ano seguinte.

O time de Osvaldo Brandão fez o único gol do jogo aos 24 minutos do segundo tempo, com Ronaldo. A final aconteceu no dia 22 de dezembro de 1974, no estádio Morumbi, com um público de 122.522”.

Jogadelas: Qual o gol mais emocionante da sua carreira?

Ademir: “O gol mais emocionante eu acho que foi o que fiz contra a Portuguesa (Campeonato Paulista de 1977, 3 a 2 para o Palmeiras no estádio do Pacaembu). O Torinho cruzou, eu matei a bola no peito, olhei o goleiro e bati no canto que ele não estava, até porque, se a gente bater no canto que o goleiro está, ele pega né?”.

Jogadelas: O que o senhor acha das mulheres no meio do futebol? Tanto em campo como comentando sobre o esporte?

Ademir: “Eu acho importante. Acho que as mulheres hoje já têm essa condição. Entendem de futebol, jogam, treinam, eu acho que realmente nossas Federações precisam começar a ajudar o futebol feminino. Temos algumas craques, uma Seleção Brasileira boa, precisam de incentivo”.

Nota oficial Jogadelas

Nós tivemos pouco tempo de bate-papo, mas o suficiente para trazer aos bons apreciadores de futebol boas lembranças. A opinião sobre a inserção da mulher no esporte é importante ser reproduzida pela grande maioria, já que a nossa intenção é que o feminino ganhe força. Questionar os nossos entrevistados sobre seus pensamentos a respeito do assunto vão ser sempre importantes.

Agradecemos a simpatia e atenção que o atleta nos proporcionou!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: