Júnior: “A mulher tem espaço para tudo, principalmente no futebol”

Texto: Bianca Miquelutti e Maria Paula Laguna.
Entrevista: Jéssica Louzada.

Jênilson Ângelo de Souza, ou Júnior, como é conhecido, é o nosso entrevistado da vez. O ex-futebolista brasileiro é lembrado com muito respeito não só pela torcida são paulina e palmeirense, mas por todos os brasileiros apaixonados por futebol que viram a sua atuação de lateral-esquerdo na conquista do penta em 2002.

Júnior é dono de uma carreira gloriosa. Campeão paulista e da Copa do Brasil pelo Palmeiras, também foi o lateral-esquerdo do título alviverde na Copa Libertadores da América de 1999. Pelo São Paulo Futebol Clube, Júnior integrou o elenco que ganhou a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes da FIFA em 2005 e foi campeão brasileiro por 3 vezes, nos anos de 2006, 2007 e 2008.

Em sua passagem por outros times, o jogador agrega a Coppa Italia pelo Parma e o Campeonato Mineiro de 2010 atuando pelo Atlético Mineiro.

Um vencedor nato, Júnior foi campeão pela seleção brasileira na Copa de 2002. Ao ser titular em uma partida contra a Costa Rica, o lateral-esquerdo fez seu único e não menos importante, gol.

Tivemos a honra de bater um papo com o jogador e Junior nos contou como foi vestir a camisa da seleção e ter marcado o seu famoso gol contra a Costa Rica.

Entrevista Jogadelas com Júnior, ex-lateral

Júnior: É maravilhoso, né? Acho que é um momento único do jogador de futebol, chegar a ser profissional e depois chegar à seleção brasileira e graças a Deus, eu tive o prazer de fazer parte de um grupo seleto de jogadores e fui pra Copa. Fazer parte do grupo já é maravilhoso, imagina jogar e fazer um gol, é sensacional.

Jogadelas: Houve algum jogo emocionante e um gol marcante na carreira do jogador sem ser a Copa de 2002?

Júnior: Foi no Palmeiras mesmo, lá no Parque Antártica, 4 a 2, eu fiz o segundo gol no empate e ficou 4 a 2. Um Palmeiras e Flamengo em 1998.

Jogadelas: Mesmo após a derrota na Copa do Mundo da Rússia, qual seria as opções de Tite para a lateral da Seleção Brasileira?

Júnior: O Marcelo é incontestável, é um excelente jogador e está há muitos anos no Real Madrid. Sou fã do Marcelo. Mas há de convir que o Filipe também é um bom jogador, fez boas partidas na Copa, mas Marcelo dispensa comentários, acho que é o melhor lateral esquerdo do futebol no mundo hoje em dia.

Jogadelas: Sobre a presença das mulheres no futebol, qual sua opinião sobre esse movimento que está crescendo?

Júnior: A mulher já faz parte do futebol. Essa coisa de não poder ir nos estádios é machismo. Tem mulheres hoje que entendem de futebol melhor do que os próprios homens. Eu acho louvável e digno que as mulheres participem porque com o mundo globalizado como é, a mulher tem espaço para tudo, principalmente no futebol.

Júnior Lateral2
Recentemente, Júnior foi homenageado na calçada de ídolos do SPFC, no Morumbi (Foto: Reprodução: Instagram/Júnior)

Equipe Jogadelas

Nós do Jogadelas agradecemos imensamente a oportunidade de entrevistarmos o Júnior, que nos atendeu com muita atenção e carinho. Que o jogador continue colhendo os bons frutos de sua carreira e que inspire muitos jogadores a realizarem seus sonhos. O apoio a presença feminina no futebol nos é fundamental, ainda mais vindo de um pentacampeão. Sucesso sempre!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: