Copa do Mundo Feminino na França terá a implementação do VAR

A decisão da Fifa engrandece a competição e dá oportunidade e elevar o nível técnico e dar mais atenção para todas as atletas

A oitava edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino terá a implementação do árbitro de vídeo (VAR), conforme a reunião do Conselho da Fifa, realizada nesta sexta-feira (15) em Miami, nos Estados Unidos. Será a primeira vez da utilização do VAR na competição, porém, não foi divulgado se o recurso será utilizado durante toda a competição ou apenas na fase de mata-mata.

A utilização do árbitro de vídeo para o Mundial foi uma recomendação do presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa, Pierluigi Collina, que recentemente participou do seminário da categoria em Abu Dhabi e Doha. Entre os assuntos se discutiram a implementação árbitro de vídeo no Mundial e recomendado para a entidade.

Em vídeo postado nas redes sociais, a árbitra alemã, Bibiana Steinhaus, comemora a decisão da implementação. Confiante, Bibiana diz sobre a ajuda da ferramenta na Copa do Mundo, e que a decisão foi a melhor a ser feita.

É um enorme avanço a implementação do VAR no Mundial, elevando os níveis de qualidades técnicos e diminuir os erros. A decisão da Fifa em qualificar a competição se diz muito e engrandece a Copa do Mundo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: