Conheça o Grupo F: Estados Unidos, Suécia, Chile e Tailândia

De principal favorita a estreante no mundial. Neste grupo que disputará a Copa do Mundo Feminina, estão desde a seleção principiante, até a seleção em busca do tetracampeonato.

Seleção Americana ao conquistar o Mundial de 2015.

Estados Unidos

Ranking FIFA dos EUA: 1º lugar

A seleção estadunidense é uma das principais favoritas ao título mundial. No grupo F, é uma das eleitas a passar de fase rumo ao tetracampeonato. Conquistou três títulos pela Copa do Mundo (1991, 1999, 2015), e é tetracampeã olímpica (1996, 2004, 2008, 2012). A seleção é uma das maiores potências mundiais do futebol feminino, estando em cinco das seis finais dos Jogos Olímpicos. Atualmente, ocupa o 1º lugar no Ranking da FIFA.

As americanas têm como técnica a inglesa Jill Ellis, que está no cargo de treinadora desde 2014. A mesma tem como títulos pela seleção a Copa do Mundo de 2015, além de ser bicampeã pelo torneio She Believes (2016, 2018). No ano de 2019, a seleção conquistou o segundo lugar, perdendo a final para a campeã Inglaterra. Vale ressaltar que a seleção americana, antes de perder sua invencibilidade para à França (placar de 3×1 em um amistoso), ficou 28 partidas sem perder, contabilizando 2 anos de invencibilidade.

Tem como principais jogadoras Carli Lloyd, que atua no Sky Blue – Nova Jersey. A meio-campista, na última final de Copa do Mundo marcou 3 dos 5 gols dos EUA na partida, todos eles com apenas 16 minutos de jogo. O placar final foi 5×2, com vitória das americanas.

Carli Lloyd

Outra principal jogadora é a atacante Alex Morgan, que joga pelo Orlando Pride – Orlando. A americana teve destaque nos Jogos Olímpicos de Londres (2012), tendo no final do torneio três gols e duas assistências. No mesmo ano foi indicada à final do Bola de Ouro da FIFA.

A seleção disputou em 2019 7 jogos, tendo como resultados quatro vitórias, dois empates e uma derrota. Dentre essas vitórias, está a do jogo entre EUA e Brasil, pelo torneio She Believes. O placar foi de 1 a 0, com gol de Tobin Heath.

Suécia

Ranking FIFA da Holanda: 9º lugar

Formando a elite do futebol mundial feminino, a Suécia está no top 10 para conquistar o mundial de clubes. No grupo F, a Suécia é uma das eleitas a passarem de fase, junto com os EUA. Em Copas do Mundo, conquistou o 2º (2003) e 3º lugar (1991, 2011), além do 4º lugar nos Jogos Olímpicos de Atenas e da medalha de prata (2º lugar) em 2016, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No Ranking da FIFA, ocupa a 9ª posição, com 1962 pontos.

A seleção sueca também já esteve entre os 3 primeiros lugares da Eurocopa. Foi campeã no ano de 1984, conquistou o vice-campeonato três vezes (1987, 1995, 2001), e ficou em terceiro lugar quatro vezes (1989, 1997, 2005, 2013). Tem como treinador Peter Gerhardssow, que assumiu a seleção no ano de 2017. Peter já foi eleito, em 2013, o melhor treinador da liga sueca de futebol masculino.

A equipe tem como principais jogadoras a meio-campista Olivia Schough, que atualmente joga pelo Goteborg FC – Gotemburgo, Suécia. A atleta tem em seu currículo títulos como Copa da Suécia (2011, 2012), e a SuperCopa da Suécia (2013) e Kosovare Asllani, chave do ataque sueco. Depois das passagens pelo PSG e Manchester United, Asllani está jogando no Linköping. No Algarve Cup, a jogadora deu duas assistências e marcou um golaço contra a seleção Suíça.

Kosovare Asllani

Destaque também para a goleira de 36 anos, Hedvig Lindahl, que atua pelo Chelsea, e foi medalhista de prata nas Olimpíadas do Rio 2016.

No ano de 2019 disputou 7 jogos, tendo como resultados três vitórias, a última inclusive foi agora no dia 31 de maio contra a Coreia do Sul, dois empates (um deles a seleção foi derrotada nos pênaltis quando perdeu a disputa pelo terceiro lugar contra o Canadá na Algarve Cup), e duas derrotas.

Chile

Ranking FIFA do Chile: 39º lugar

Estreante na Copa do Mundo, a seleção chilena conquistou vaga para disputar o mundial através da Copa América, onde conquistou o 2º lugar em um confronto contra o Brasil. A partida foi 3×1 para a equipe brasileira, porém é de se destacar a excelente campanha da seleção do Chile, que teve durante o campeonato 3 vitórias, 3 empates e 1 derrota, sendo essa na final contra o Brasil. A equipe chilena também foi a 2ª seleção que mais balançou as redes no campeonato, marcando 13 gols.

A seleção conquistou duas vezes o vice-campeonato da Copa América (1991, 2018), e o 1º lugar nas Olimpíadas da Juventude (2010). Atualmente ocupa o 39º lugar no Ranking da FIFA.

Tem como técnico o ex jogador chileno José Letelier, que está no cargo de treinador desde 2016. José foi técnico da equipe feminina do Colo-Colo de 2010 até 2015, conquistando 10 títulos nacionais, além da Taça Libertadores da América Feminina, em 2012.

Tem como principais jogadora a goleira Christiane Endler, que joga atualmente pela equipe do Paris Saint-Germain – Paris. A atleta foi convocada em 2011 para disputar os Jogos Pan-Americanos de Guadalaraja. Foi eleita a melhor goleira da Copa Libertadores Feminina (2011), e a melhor futebolista do Chile por três anos consecutivos (2008,2009,2010).

Christiane Endler

Em 2019 a seleção disputou seis jogos, não sendo os resultados muito positivos: empatou dois e perdeu 4 jogos.

Tailândia

Ranking FIFA da Tailândia: 34º lugar

Com apenas uma participação na Copa do Mundo, a equipe da Tailândia vem com histórico de eliminação no mundial. A seleção tailandesa não passou da fase de grupos na Copa de 2015.

Pouco favorita, a equipe deve brigar por uma boa posição com a equipe do Chile na fase de grupos. Atualmente, ocupa a 34ª posição no Ranking da FIFA. Com poucos títulos, a seleção tailandesa teve como seu maior título a 4ª colocação na Copa da Ásia (2018). No ano de 2019, foram disputados 4 jogos, com 3 derrotas e apenas 1 vitória.

A equipe tem como principal jogadora a atacante Kanjana Sungngoen, que atuou pelo Speranza FC Osaka – Takatsuki, e atualmente está na equipe Bangkok.

Kanjana Sungngoen

A treinadora é a ex-jogadora de futebol Nuengruethai Sathongwien. Ela retornou ao comando do time após ter sido demitida antes da Copa do Mundo de 2015.

%d blogueiros gostam disto: