Pela manhã desta terça-feira (18), a assessoria da Seleção Feminina havia divulgado em nota a confirmação da lesão da camisa 7 do Brasil. Andressa Alves sentiu a região posterior da coxa esquerda durante o treino de segunda-feira (17). Com dores agudas, foi submetida para exames e confirmado pelo Departamento Médico a baixa para a equipe brasileira.

Posteriormente, Andressa publicou em sua conta oficial do Instagram a confirmação da lesão e saída do Mundial. A justificativa é da atleta não terá tempo para a recuperação até o final do campeonato, mas não será desconvocada pois logo após a lista final divulgada pela FIFA, nenhuma atleta pode ser convocada.

Com a lesão de Andressa, a Seleção Brasileira enfrenta sua sétima queda antes e durante a Copa do Mundo na França, ambas por lesão. A primeira foi de Andressa, meia do Corinthians. Sofreu lesão no joelho um dia antes da convocação divulgada pelo técnico Vadão. Em seu lugar foi chamada Luana, que também sofreu com lesão durante a preparação em Portugal assim como Tayla, mas ambas conseguiram se recuperar.

No caso de Marta aconteceu na preparação em Portugal durante o treino do dia 31 de maio. A atleta sentiu dores fortes e não estreou no jogo contra a Jamaica, mas seguia na transição de campo junto à fisioterapia e o preparador físico. Na segunda rodada da Copa contra a Itália foi titular e capitã. A camisa 10 da Seleção pediu para mudar durante o intervalo.

Fabi Simões e Érika foram cortadas do Mundial dias antes da estreia. A zagueira do Corinthians já chegou em Portugal sentindo dores mas continuou no trabalho. Na transição de campo, a atleta sentiu e foi desconvocada mas permaneceu com a equipe na França. Já a atleta do Internacional não teve tempo de se recuperar e voltou para o Brasil.

%d blogueiros gostam disto: